quinta-feira, 23 de março de 2017

Vídeo: Em sermão, pastor John Piper explica como se livrar do vício da pornografia

Como se livrar da pornografia em tempos de acesso livre a filmes adultos através da internet? Essa pergunta tem sido feita por muitas pessoas, incluindo cristãos, que se veem presos à teia do vício. Nesse contexto, o pastor John Piper publicou um sermão em vídeo com conselhos práticos, baseados na Bíblia, para vencer a dificuldade.

Em seu sermão – publicado na página do ministério Desiring God – Piper explica que o vício em pornografia nasce da luxúria, e explica o conceito desse pecado, que é a distorção de propósito do desejo sexual.

“Deus criou o desejo sexual, se isto tiver o seu lugar correto, e pode, de fato, tornar-se um ato de adoração no casamento. Mas, a luxúria é um desejo sexual que caminha errado. Aqui está minha definição: luxúria é um desejo sexual que desonra seu objeto e despreza a Deus. Despreza as promessas e os avisos de ter ou perder as belezas de Cristo”, contextualiza.

Sobre a pornografia, Piper afirma que é preciso compreender o que caracteriza dependência, necessidade fisiológica, de assistir vídeos pornográficos, e adota um tom tranquilizador para quem se pega assistindo filmes adultos com frequência.

“O papel natural e espiritual do domínio próprio em relação à luxúria. Vício é um termo relativo. Eu apostaria minha vida na hipótese de que neste lugar, ninguém é absolutamente viciado em pornografia ou qualquer pecado sexual. O que eu quero dizer é o seguinte: se os riscos são bastante altos e bastante seguros, você terá o domínio que precisa para superar qualquer tentação sexual”, sugere.

Explicando seu raciocínio de forma mais aprofundada, o pastor ilustra uma situação em que as pessoas que costumam assistir pornografia poderiam buscar forças para resistir à tentação em contextos extremos, de vida e morte, por exemplo.

“Nesta noite, se você estiver sentindo uma forte influência do desejo sexual, o mais ardente, o mais poderoso que você já sentiu na sua vida, e você crê que não pode resistir à tentação ao olhar para alguma nudez online. De repente, membros do Estado Islâmico, encapuçados de preto, trazem seu melhor amigo, ou seu cônjuge, dentro do quarto com uma faca em sua garganta, e dizem: ‘Se você olhar para este site, eu vou cortar a garganta deles’. Você terá domínio próprio. Você não é viciado. Você não vai clicar”, afirma.

Com outro exemplo menos violento, o pastor reforça seu argumento: “Ou, se um homem caminhar para dentro do quarto, e disser: ‘Se você olhar para esta nudez, eu não te darei um milhão de dólares. Você estará livre de impostos. Mas, se você não olhar esta nudez, eu te darei esta mala com um milhão de dólares em dinheiro’. Você terá total domínio próprio, você não é viciado naquele momento”, salienta.

Assista ao vídeo da pregação:


Com informações Gospel+

0 comentários:

Postar um comentário