quarta-feira, 1 de julho de 2015

VÍDEO: Ativistas gays espancam pastores que pregavam contra homossexualidade

Dois pastores não identificados foram brutalmente espancados – com socos e pontapés – por ativistas que saiam de um “festival do orgulho gay” em Seattle, EUA. Segundo o canal Fox, eles estavam segurando suas bíblias e clamando que os participantes se arrependessem de seus pecados.
Um dos pregadores segurava um cartaz dizendo “Arrependei-vos” e “Jesus salva do pecado.” O vídeo veiculado agora pela TV mostra um grupo de pessoas gritando e ameaçando os homens durante o Pridefest de Seattle. Eles foram identificados pela polícia como parte de um grupo ativista chamado NOH8 – trocadilho para a expressão “sem ódio”.
Mas ódio é o que se vê nas cenas. Um grupo de mulheres tentou tirar os sinais da mão dos pastores. Quando um grupo de homens derruba o pregador no chão, ele é chutado e agredido até alguém gritar que a polícia havia chegado.
Um dos pastores precisou levar pontos, pois teve sua cabeça cortada. O vídeo ajudou a polícia a prender dois suspeitos – um deles possui uma extensa ficha criminal.
Não é a primeira vez que cristãos são atacados por ativistas pró-LGBT nos EUA. Em agosto passado, um homem abriu fogo dentro da sede do Conselho de Pesquisa da Família, em Washington, DC. Quando foi preso, Floyd Lee Corkins, Jr. se declarou culpado de cometer um ato de terrorismo contra a organização pró-família.
No final de 2014, um grupo chamado “Angry Queers” [Homossexuais Furiosos, em tradução livre] causou milhares de dólares de danos ao depredar uma Igreja de Portland, Oregon, ligada ao ministério Mars Hill. Na época, divulgaram um comunicado na imprensa justificando o ataque por que a igreja teria uma postura “anti-gay”.

Post original em GospelPrime

Confira o vídeo:




0 comentários:

Postar um comentário