quinta-feira, 28 de novembro de 2013

É presunção dizer que alguém está em pecado por fazer sexo antes do casamento, diz Caio Fábio



Teólogo contesta a afirmação e mostra textos bíblicos que condenam a prática

Conhecido por suas declarações polêmicas e pouco convencionais, o reverendo Caio Fábio voltou a ser notícia ao dizer em seu programa que não pode condenar um casal de namorados que tem relações sexuais. Ele foi questionado por um internauta que é sexualmente ativo com sua namorada e queria saber se ele está ou não em pecado. “É uma presunção de alguém chegar para outro ser humano e dizer que ele está em pecado porque ele e uma menina se amam e fazem sexo”.

“Eu não posso chegar daqui e, só porque falta oficialização desse relacionamento junto aos pais dela, dizer que a ausência de tais coisas (casamento) torna pecaminoso o relacionamento sincero entre um homem e uma mulher”, disse.

O ex-pastor presbiteriano aconselha o casal a conversar sobre seus sentimentos para que ele não defraude os sentimentos da moça. “Em momento algum defraude a sua irmã”, aconselhou, dizendo que ele não pode usá-la só porque ela está “disponível”. “Isso é profundamente desagradável”.

Para o teólogo Michael Caceres o ensino de Caio Fabio não condiz com os ensinamentos bíblicos. “Caio Fábio se perde em seus argumentos, pois primeiro deve existir um compromisso público – deixar pai e mãe representa isso Gênesis 2.24 – assumir responsabilidades”, disse ele.

Caceres lembra que no Antigo Testamento o casamento era feito de outra forma, não precisando da autorização legal como nos dias de hoje, mas isso não torna a união civil dispensável. “A Bíblia é muito clara sobre isso. Não existe compromisso sem a oficialização do casamento e não se oficializa um casamento através do ato sexual. Quando isso acontece, quando existe a relação sexual fora do casamento, a Bíblia aponta como pecado.”

Assim como outros pastores e teólogos, Michael acredita que sim, o casal que faz sexo antes do casamento está em pecado. “Se a cultura da época não cobrava a legalização para oficializar-se uma união conjugal, a nossa cultura cobra. Sendo assim, manter relação sexual sem ter um compromisso claro é pecado. A união civil faz parte do mecanismo que constitui um casamento hoje.”

O teólogo deixou alguns versículos do Novo Testamento que falam sobre o tema:

Venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; porém, aos que se dão à prostituição, e aos adúlteros, Deus os julgará. Hebreus 13:4

Mas, se não podem conter-se, casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se. 1 Coríntios 7:9

Mas, por causa da fornicação, cada um tenha a sua própria mulher, e cada uma tenha o seu próprio marido. 1 Coríntios 7:2

Outras referências: Atos 15:20, 1 Coríntios 5:1; 6:13, 18; 10:8, 2 Coríntios 12:21, Gálatas 5:19, Efésios 5:3; Colossenses 3:5, 1 Tessalonicenses 4:3 e Judas 7.

                                                     Assista o vídeo

                                            

Fonte: Gospel Prime

Um comentário:

  1. Sinceramente, penso que deveríamos ignorar os comentários deste senhor. Ele é um caído que não quis se levantar!!

    ResponderExcluir