segunda-feira, 18 de março de 2013

Uma Busca por Reforma e Reavivamento



                                                                                       Por Pedro Henrique

Há um crescente interesse por Teologia Reformada em nossos dias. Jovens tem se deparado com ensinamentos de homens piedosos de tempos passados. Martinho Lutero, João Calvino, John Owen e Richard Baxter ensinam esta geração através de seus escritos. Contudo, há por parte de muitos um descredito acerca do que estes homens ensinavam e uma completa falta de conhecimento sobre as perseguições e lutas que enfrentaram. Tal descredito tem como consequência um distanciamento de excelentes obras disponíveis para uma geração que carece de uma Teologia sólida e saudável, que é aquela ensinada por Paulo a qual Cristo é a fonte. 

Lembro-me de certa ocasião em que uma mulher considerada pastora falou do púlpito que o ensinamento "Uma vez salvo, salvo para sempre." não procede de Deus. Imagino que ela não entendia toda a extensão da afirmação da qual falara. Na congregação que ela era pastora a visão de avivamento era de completa euforia, com pessoas correndo pelos corredores e outras sorrindo de maneira descontrolada.

A. O Que É Reavivamento?

Para muitos cristãos mimados e imaturos, avivamento é euforia e desordem. É uma reunião de pessoas emocionalistas, dotadas de um conhecimento rasteiro acerca de Deus, a fim de sentirem-se espiritualmente elevadas, mas que se perdem em meio a ventos de doutrinas, fogo estranho e corrupção. São milagres e mais milagres, conquistas e mais conquistas, um verdadeiro egocentrismo religioso.

Para estes a busca por riquezas e realizações pessoais neste mundo estão acima da realidade da eternidade da vida de Cristo. É por esta suposição de reavivamento que a igreja em muitos lugares tem buscado, e em muitos outros, existe uma busca pelo que nem mesmo conhecem. Algumas igrejas clamam por um reavivamento sem ter ideia da dimensão e da mudança de vida implícita, e que estará presente, em toda manifestação do poder de Deus pelo Espírito Santo, para estes buscar por avivamento é modismo.

Reavivamento é uma restauração na vida do cristão. Não é uma busca pelo extraordinário que não foi e nem será revelado, mas pelo conhecimento de Deus em Sua revelação, é ter um viver santo e piedoso, pregar todo o conselho de Deus, ter uma adoração bíblica.

B. A Necessidade de Reforma

Nestes dias tem-se falado bastante sobre Reforma, e em certa medida há mais um interesse pela Reforma do que uma Reforma. Entendo que devido a corrupção generalizada entre os líderes da igreja moderna, dos famosos cantores gospel e de alguns considerados exemplos (pela influência, inteligência, fama) de cristãos que estão mergulhados em um estilo de vida licencioso em vez de piedoso, tenha despertado em muitos um protesto no qual a Reforma é usada como grito.

Há alguns dias tomei conhecimento do artigo "Eu Ouço Música do Mundo" de um blog que afirma ter mensagens de Teologia Reformada. Analisei o conteúdo do artigo e os comentários, nos quais muitos elogiavam admirados o escritor, que prefere escutar Renato Russo em vez de "Ana Paula Valadão". Certamente não precisamos deste tipo Reforma, é um ensinamento enganoso e carnal. Precisamos de uma restauração à doutrina pura, de uma Teologia que conduz a adoração verdadeira, pois conhecemos pouco ou mesmo nada em relação às doutrinas importantes para a vida cristã saudável.

C. Avivamento sem Reforma?

Se um homem com ideias heréticas for reavivado persistirá em suas ideias errôneas, o que poderá ser mais perigoso. Conduzirá ele mesmo no erro e levará consigo  muitos outros a uma corrupção em escalas inimagináveis.

       Reforma e reavivamento atuam juntos, a igreja volta à doutrina pura, e os cristãos conhecem em suas vidas o poder do Espirito Santo e vão pelos arredores fazendo discípulos. Precisamos romper definitivamente com ensinamentos heréticos, tratá-los como uma ameaça ao conhecimento verdadeiro, o que de fato são. As doutrinas da "Justificação pela Fé Somente", da "Depravação Total", da "Perseverança dos Santos", e tudo mais que procede de Deus deve ser ensinado na igreja para a Glória de Cristo.



0 comentários:

Postar um comentário