quarta-feira, 7 de novembro de 2012

'South Park' apresenta Jesus discursando drogado e apoiando Pussy Riot




Um episódio do desenho animado "South Park" mostra Jesus Cristo discursando drogado a favor das integrantes da banda russa Pussy Riot, grupo punk que foi condenado por ofender a Igreja e o programa que foi ao ar na semana passada, apresenta Jesus cercado pelos de South Park e, dizendo: "Causas não devem ser usadas em nossos pulsos. Vamos manter as nossas causas no lugar delas, que é bem aqui... na camiseta!" diz o personagem Jesus. Na camiseta está escrito: “Free Pussy Riot" (Libertem Pussy Riot, tradução).

A banda russa foi condenada a dois anos de prisão após realizarem na catedral de Moscou a "oração punk” qualificada como "vandalismo motivado por ódio religioso". Nadezhda Tolokonnikova (22) e Maria Alyokhina (24) estão presas em Moscou. Já Yekaterina Samutsevich (30) foi presa, mas agora está em liberdade. Isso após tocarem uma canção criticando Vladimir Putin no altar da principal catedral de Moscou em fevereiro.

No desenho, Jesus também é satirizado com o caso de doping do ciclista Lance Armstrong, um dos maiores ídolos do esporte nos EUA. O atleta foi condenado por usar substâncias químicas que melhoravam sua performance. No desenho animado, os moradores de South Park se revoltaram ao descobrir que Jesus usava substâncias químicas para melhorar suas operações de milagres, semelhante a armstrong. Para recuperar os fiéis, Cristo começou a apoiar fazendeiros e criticar pulseiras beneficentes.

O desenho "South Park" é conhecido pelas brincadeiras e ácidas sátiras com todo o tipo de religião, líderes políticos e minorias. Nos Estados Unidos o programa, que foi criado por Trey Parker e Matt Stone, é exibido pela Comedy Central. No Brasil, "South Park" vai ao ar no canal a cabo VH1.

Essa não foi a primeira vez que Jesus Cristo vira personagem do South Park. O desenho animado já usou Jesus, bem como outras personalidades religiosas, várias vezes.

Fonte: The Christian Post

Um comentário: