sexta-feira, 1 de junho de 2012

Pastor morre ao ser picado por serpente durante culto



O Pastor Randy “Mack” Wolford, que defendia o manuseio de cobras por fé, morreu depois de ser picado por uma serpente em um culto de adoração.
O acidente ocorreu no último domingo no na Floresta Estadual Panther, a oeste de Bluefield na Virgínia Ocidental, durante um culto ao ar livre. Conforme presenciou sua irmã, Wolford em 30 minutos de culto estava passando a cascavel para um membro e sua mãe. Ele a colocou no chão e foi quando ela o picou.
“Ele a colocou no chão”, disse ela, segundo o The Washington Post. “E ele se sentou ao lado da serpente, e ela o picou na coxa”.
Ele foi levado para a casa de um parente mas não mostrou sinais de recuperação como aconteceu das outras vezes em que fora picado. Ao invés disso ele ficou progressivamente pior.
Wolford foi transportado para o Centro Médico Regional de Bluefield, onde foi declarado morto na manhã de segunda-feira.
Ele havia planejado o domingo no parque provavelmente esperando um culto com pessoas falando em línguas, manipulando cobras.
“Eu estou esperando por um grande momento neste domingo”, escreveu ele no dia 22 de maio em seu Facebook.
“Louvado seja o Senhor e passe a cascavel, irmão”, disse ele no dia 23 de maio.
Wolford acreditava que a Bíblia mandava que os cristãos manuseassem serpentes para testarem sua fé em Deus, e que se fossem mordidos eles confiariam em Deus para curá-los.
Seu pai, que também manuseava cobras, morreu em 1983 depois de ser mordido. Ele também era membro da igreja e Wolford tinha 15 anos na época.
O pastor Wolford possuía em sua casa oito serpentes venenosas, alimentadas com ratos e chegava a dançar com elas em volta de seu pescoço e até deitar com elas.
Seu funeral será realizado sábado em sua igreja House of the Lord Jesus, em Matoaka, uma cidade ao norte de Bluefield.

Post original CristianPost

0 comentários:

Postar um comentário