quarta-feira, 9 de maio de 2012

Eleitores da Carolina do Norte vetam casamento entre pessoas do mesmo sexo




 Em referendo, na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, 59% dos eleitores votaram a favor da proibição da união civil entre pessoas do mesmo sexo, segundo resultados preliminares. Atualmente, a legislação da Carolina do Norte estabelece que os casais do mesmo sexo não podem se casar. Segundo a lei, casamento é apenas entre homem e mulher.
Dos 50 estados norte-americanos, 30 têm emendas constitucionais que proíbem o casamento entre pessoas do mesmo sexo. O casamento homossexual é legal nos estados norte-americanos de Nova York, Connecticut, Iowa, Massachusetts, New Hampshire e Vermont, no distrito de Columbia, que pertence a Washington, capital do país.
Também é legal a união civil entre homossexuais nos estados de Delaware, do Havai, Illinois, New Jersey e Rhode Island. Cerca de 50% dos norte-americanos apoiam o reconhecimento legal dos casamentos homossexuais, segundo pesquisa de opinião feita pelo Instituto Gallup, divulgada ontem (8).
O resultado do referendo é uma vitória para os setores mais conservadores dos Estados Unidos no momento em que o presidente norte-americano, Barack Obama, é pressionado a assumir uma posição pública sobre o tema.
Em 2008, durante a campanha eleitoral para a Presidência da República, Obama apoiou a união entre pessoas do mesmo sexo, mas disse que se opunha ao casamento. No final de 2010, ele disse que sua posição sobre o assunto “estava evoluindo”, mas não voltou a mencionar o tema.

Fonte: Agência Brasil

0 comentários:

Postar um comentário